BIO

Foto Bio.jpg

 

Foto: Pablo Savalla

Alex Maraslis é um multi-instrumentista carioca que começou trabalhando em estúdios do Rio de Janeiro como técnico de áudio e produtor musical, tendo feito vários cursos nessa vertente, como o de produção musical de Mayrton Bahia, que mais tarde se tornou faculdade de produção musical da universidade Estácio de Sá, no Rio de Janeiro.

Desde 1997 se destaca no cenário musical carioca, fazendo várias participações como tecladista em bandas alternativas como Pelvs, Kinetkit Ravecamp, Superbug e também lançando o CD de sua primeira banda de rock progressivo, a Chronos Mundi, chamado “Luz e Trevas”. Logo em seguida, seu primeiro CD solo “Spiritual Awakening” toma forma e é aclamado pela crítica mundial especializada da época.

Em 2001, reuniu músicos de diversas bandas de prog cariocas para montar o Montauk Project, lançando no mesmo ano o CD JA2M, que dentre várias críticas positivas ganhou o prêmio de melhor banda de 2001 do site Rock Progressivo Brasil.

Nas primeiras duas década deste século, Alex Maraslis se dedicou a várias outras atividades culturais, como produção de bandas e eventos, teatro e cinema, através de sua produtora Elemental Arts. Algumas produções, como a reunião da banda “O Terço” e a primeira tour brasileira da banda Italiana de prog PFM aparecem no portfolio. 

Diversos trabalhos de organização e pesquisa de acervo fonográfico de música brasileira também foram desenvolvidos por Alex Maraslis em parceria com Carlos Savalla pela Chammas Produções.

Em 2016, Alex Maraslis decide retomar o rock progressivo e lança o até então perdido segundo álbum do Montauk Project, “Sightings”, e dá o pontapé inicial para a retomada de sua carreira solo.

Agora, em 2021, finalmente é lançado seu primeiro CD solo em mais de 20 anos, “Maraslis”, que conta com várias participações de peso como Pedro Baldanza (Som Nosso de Cada Dia), Beth Dau (Hermeto Pascoal), Braulio Drumond (Di´Anno), Artur Cirio (Cold Blood), dentre outros. O novo álbum também conta com a grande parceria na produção musical de Carlos Savalla (Paralamas do Sucesso, Pato Fu).

Sempre seguindo em frente, Alex Maraslis já prepara mais material musical e retorna com força total ao mundo do rock progressivo buscando parcerias além do horizonte.